10Abr
2017
Comments
DSC00135

Flores na antiguidade

A antiga China atribuiu significados especiais a muitas plantas silvestres e a outras que cultivavam. Utilizaram flores em rituais religiosos e, de início, um arranjo continha apenas uma espécie de flor. Na Primavera, a peónia e a flor-de-pêssego eram muito populares; o lótus epitomava o Verão e o crisântemo o Outono. No Inverno, a flor-de-ameixa, o narciso-branco e ramos de pinheiro eram utilizados com frequência.
Os antigos egípcios criaram vasos especiais para flores e decoravam-nos muitas vezes com motivos florais. Os Gregos e os Romanos sempre incorporaram flores nos festejos. Utilizaram folhas e flores em cerimónias religiosas, confeccionando grinaldas e coroas para casais de noivos e para heróis e atletas vitoriosos em guerras ou jogos. Por vezes, para uma assembleia, cobriam o chão de pétalas de rosa perfumadas.

Comentários

comentários




Saltar para a barra de ferramentas