14Abr
2014
Comments
Energy home flowers High definition wallpaper - Colorir material seco ou conservado

Colorir material seco ou conservado

Muitos arranjos beneficiam da inclusão de alguns materiais secos de cores vivas e você pode reavivar bastante muitos materiais pálidos se os tingir. Existem vários métodos para tingir plantas.

Material conservado em glicerina
Se juntar corante a uma solução de glicerina, a planta absorverá simultaneamente o corante e a solução. Dado que a folhagem muitas vezes adquire uma cor lamacenta quando absorve glicerina, é uma boa forma de evitar o tom pardacento. Com corante verde, por exemplo, conseguem-se folhas mais escuras do que as frescas, mas certamente mais atraentes do que as não tingidas.
Também pode adicionar deste modo cores artificiais à folhagem. O corante vermelho dará às folhas, tais como as de eucalipto, um brilho outonal, enquanto o corante cor de ferrugem dá um tom quente a folhas de tília, bráctea e faia-europeia acobreada.
Como alternativa, pode adicionar cloreto de cálcio à solução de glicerina, para dar ao material uma cor creme.

Tingir materiais à medida que secam ao ar
Se passa o material por água antes da secagem ao ar, pode adicionar um pouco de corante à mesma. C) material absorverá então o corante com a água antes de começar a secar. Na maioria dos casos é melhor que o material tenha um aspecto absolutamente natural quando seco, daí que deva tingi-lo de unia cor que exista numa das variedades da planta que está a tingir. Em geral, o azul é a cor menos satisfatória, dando às plantas um aspecto muito artificial.

Colorir com spray e pintar
As tintas especiais em spray para colorir flores frescas e secas encontram-se à venda numa vasta gama de cores. Algumas bem úteis. O limónio, que seca num tom cinzento-esbranquiçado, pode ser pintado de amarelo-pálido ou cor-de-rosa de aspecto natural. Com a combinação obtém uma bela cor de pêssego.
Os sprays de cores mais vivas ou as tintas de secagem rápida são ideais para as decorações festivas cm que pretenda criar um mar de cores. As cabeças de semente de papoilas e de dama-entre-verdes ficam maravilhosas coloridas de vermelho, cor-de-rosa ou verde vivos. As pinhas, as nozes e as delicadas umbelas de ligústica, erva-cicutária, coentros e funcho ficam bonitas pintadas de prateado ou dourado e salpicadas de purpurina antes de a tinta secar, para que os cristais brilhantes adiram bem. Contudo, para arranjos de duração anual, é aconselhável utilizar cores menos chocantes e mais naturais.

Comentários

comentários